Procurar
Close this search box.

Como obter um empréstimo hipotecário em Portugal como estrangeiro

Imagine acordar com o suave zumbido de uma cidade à beira-mar, sair para uma varanda com vista para os pitorescos telhados de terracota e bebericar um café acabado de fazer enquanto o sol português aquece o seu dia. Possuir uma fatia deste sonho é mais do que uma fantasia para muitos estrangeiros. No entanto, mergulhar no labirinto das hipotecas em Portugal pode parecer um pouco como tentar encomendar um pastel de nata sem conhecer a língua local. Desde desvendar o processo, descodificar as regras, compreender os impostos até escolher o banco certo – há muito para aprender. Mas não se preocupe! Reunimos as seguintes informações que explicam exatamente como conseguir um crédito à habitação em Portugal como estrangeiro.

Frederik
Frederik Pohl, CEO
Marque já uma consulta gratuita com um dos nossos especialistas!
Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
GDPR compliance1
GDPR compliance2

Iniciando o seu Pedido de Crédito à Habitação em Portugal como Estrangeiro

Como diz o velho ditado, o timing é tudo. E isso não poderia ser mais verdadeiro quando se trata de solicitar uma hipoteca em Portugal. Portanto, antes de se deixar levar pelo charme das quintas do país ou pelos modernos apartamentos da cidade, é imperativo iniciar o processo de solicitação de hipoteca.

Por quê? Porque iniciar esta etapa crucial, mesmo antes de finalizar uma propriedade, pode oferecer informações valiosas sobre possíveis pagamentos iniciais e condições de empréstimo, preparando efetivamente o cenário para uma decisão de propriedade informada.

Quais são os tipos de hipoteca em Portugal?

Em Portugal, como em muitos mercados imobiliários globais, as hipotecas geralmente podem ser categorizadas em dois tipos principais: taxa fixa e taxa variável. A sua escolha entre eles deve ser informada pela sua situação financeira, pelas previsões do mercado e pelo seu conforto pessoal relativamente às flutuações de pagamento.

Habitação a taxa fixa

Uma habitação a taxa fixa caracteriza-se pela sua estabilidade. Os mutuários comprometem-se com uma taxa de juro única, inalterada durante todo um período pré-determinado, que pode ser tão curto como um ano ou estender-se até 30 anos. No final deste prazo, especialmente se for curto, a hipoteca pode converter-se numa taxa variável. A principal vantagem? Protege contra as potenciais flutuações da taxa do banco e da taxa de base europeia mais alargada. No entanto, uma nota essencial de cautela: aqueles que consideram um reembolso antecipado podem enfrentar penalidades.

Habitação de taxa variável

Uma opção mais dinâmica, a hipoteca de taxa variável, é popular em Portugal. As taxas iniciais rondam os 3,3% ao ano, sobretudo quando o rácio entre o valor do empréstimo e o valor do imóvel é de 30%. Estas taxas, pela sua própria natureza, podem variar mês a mês em função das taxas de juro em vigor. A referência para estas flutuações de juros é frequentemente a EURIBOR, a taxa de juro de referência utilizada para o crédito à habitação em Portugal. A amortização antecipada deste tipo de crédito à habitação, à semelhança do que acontece com o crédito à habitação com taxa fixa, acarreta encargos, normalmente de cerca de 0,5% sobre o capital reembolsado.

mortgage portugal

Expectativas de depósito e rácios empréstimo/valor em Portugal

Agora, vamos analisar alguns números. Se é um não residente, os bancos esperam normalmente que apresente um mínimo de 30% como depósito. E quando falamos de empréstimos, embora possa ouvir a expressão “rácio empréstimo/valor”, em Portugal, este rácio ronda normalmente os 65%-75% do valor da propriedade ou do preço de venda. Mas aqui está um pequeno ponto positivo: se você criou suas raízes mais profundas como residente fiscal, alguns bancos podem estar dispostos a esticar isso para 85%-90%.

Escolhendo seu parceiro financeiro: Comparação de bancos

A paisagem bancária portuguesa oferece mais de uma dúzia de escolhas, cada uma com o seu conjunto único de opções de hipoteca. Entre os principais intervenientes contam-se o BBVA, o Santander, o Banco Best, o Bankinter e o Banco CTT. Ainda assim, é imperativo pesquisar e comparar minuciosamente as ofertas de cada banco, compreendendo as nuances dos seus pacotes de hipotecas. Afinal, o banco certo pode fazer toda a diferença na sua experiência de compra de casa.

Quais são os documentos essenciais para a aprovação da hipoteca em Portugal como estrangeiro?

Navegar no processo de hipoteca em Portugal requer um pouco de preparação, especialmente quando se trata de documentação. Embora a lista possa parecer extensa, cada documento serve um propósito distinto para estabelecer a sua credibilidade e situação financeira. Quer seja um indivíduo assalariado, um magnata de negócios por conta própria ou algo intermédio, ter estes documentos à mão pode agilizar significativamente o seu processo de candidatura.

Lista de verificação de documentos essenciais:
  • Identificação pessoal: Uma cópia do seu passaporte
  • Número de identificação fiscal português (NIF)
  • Verificação de rendimentos:
    • Para os trabalhadores por conta de outrem: Declarações de impostos do último ano, recibos de pagamento dos últimos três meses e uma carta de referência do seu empregador detalhando o seu mandato e salário.
    • Para os trabalhadores independentes: Extratos bancários da empresa nos últimos três meses, declarações de impostos do ano anterior e três anos de lucros e perdas da empresa e balanços.
      Outras fontes de renda: Comprovativo de rendimentos de pensões ou de rendas, certificados de investimento, etc.
  • Postura financeira: Extractos bancários pessoais dos últimos três meses que mostrem os seus rendimentos e despesas.
  • Comprovativo de morada: Uma fatura recente de serviços públicos ou um documento semelhante.
  • Detalhes da propriedade: Compromisso de compra ou contrato de venda da propriedade que pretende comprar.
  • Detalhes da hipoteca existente: Se tiver uma hipoteca existente, um extrato recente da mesma.
  • Referências financeiras: Uma carta de referência bancária e prova de contas de poupança ou investimento.

Assegurar que tem todos estes documentos organizados e prontos não só demonstra a sua seriedade como também o coloca um passo mais perto de garantir a sua casa em Portugal.

Da Cotação à Conclusão: O Processo de Candidatura à Hipoteca Portuguesa Explicado

Depois de ter feito o seu trabalho de casa, está tudo pronto para iniciar o processo de candidatura. Aqui estão os passos necessários para garantir a sua hipoteca em Portugal:

  • Inicie o contacto com um banco ou corretor de hipotecas.
  • Receba uma cotação de hipoteca dentro de alguns dias.
  • Preencha os formulários necessários e forneça os documentos relevantes.
  • Aguardar a aprovação do banco.
  • Realizar uma avaliação do imóvel para determinar o valor de mercado.
  • Definir uma data de conclusão.
  • Transferir os fundos necessários.
  • Finalizar o negócio perante um notário português.

Alejandro Gomez Costa – Diretor Geral da DS Intermediários de Crédito & DS Seguros Faro Riamar, Albufeira Lancemar e Quarteira

A sua solução de crédito portuguesa - Obtenha-a já!

As suas ambições merecem os conhecimentos financeiros adequados. Estamos aqui para facilitar a sua viagem, ligando-o a um especialista que pode agilizar o processo.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Termos e condições aqui.

Taxas associadas aos pedidos de hipoteca em Portugal

Ao preparar-se para investir no imobiliário português, é essencial ter em conta as várias taxas associadas ao processo de hipoteca. Desde serviços de consultoria e taxas de aplicação bancária a taxas de avaliação e legais, cada taxa desempenha um papel. Além disso, após a conclusão da compra do imóvel, entram em jogo as despesas relacionadas com o governo, como os impostos, as taxas notariais e o imposto de selo (que corresponde a 0,60% do montante da hipoteca). Estar ciente desses custos garante uma aquisição de propriedade transparente e suave.

Quão difícil é obter uma hipoteca em Portugal como estrangeiro?

Então, quão difícil é obter uma hipoteca? É mesmo possível para estrangeiros? Se Portugal está no seu radar, está com sorte.

Obter uma hipoteca em Portugal, ao contrário do que se poderia supor, é refrescantemente simples para estrangeiross. De facto, os bancos portugueses têm uma abordagem de braços abertos, oferecendo oportunidades a não residentes com uma avidez que muitas vezes surpreende muitos.

E os reformados, não pensem que ficam de fora. Mesmo que os seus dias de trabalho regular tenham ficado para trás, os bancos portugueses consideram os rendimentos regulares de pensões provenientes do estrangeiro como uma fonte viável de financiamento hipotecário. Além disso, para aqueles que estão a olhar para o panorama da propriedade comercial, os empréstimos também estão disponíveis. No entanto, note que os bancos podem limitar os empréstimos a cerca de 50% do preço da propriedade para empreendimentos comerciais.

No entanto, uma palavra para o sábio: embora o processo possa ser simples na sua essência, as complexidades e particularidades da burocracia estão sempre presentes. Aborde esta viagem hipotecária com os olhos bem abertos e uma fome de compreensão. O conhecimento é seu aliado aqui, garantindo que você não caia em armadilhas ou seja pego em um loop de burocracia.

Explore suas opções de hipoteca hoje

No final do dia, o fascínio das paisagens e da cultura de Portugal é inegável. Mas antes de o tornar a sua casa, compreenda os meandros da hipoteca que o esperam. Embora o caminho possa parecer repleto de papelada e protocolos, o destino, uma casa neste belo país, vale cada passo. Por isso, não se limite a sonhar; entre em ação. Explore hoje as opções de crédito à habitação em Portugal e desfrute do próximo capítulo da sua vida!

Partilhar nas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

How can we help you?

English • Portuguese • Spanish • German • Italian •  French

Schedule a meeting

Call us now

Send us a message

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Cumprimento do GDPR
GDPR compliance2
Newsletter

Como o podemos ajudar?

Inglês – Português – Espanhol – Alemão – Italiano – Francês

Marcar uma reunião

Ligue-nos agora

Envie-nos uma mensagem

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Cumprimento do GDPR
GDPR compliance2
Newsletter
pearls of portugal

Por favor entre em contacto e a nossa equipa responderá a todas as suas perguntas

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Cumprimento do GDPR
GDPR compliance 2
Newsletter

Não perca ofertas ou notícias!

Subscreva a nossa newsletter e não perca as últimas notícias e ofertas!

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Interesses: